IRI – Irregularidade Longitudinal

Para maiores informações, favor usar o formulário abaixo.

Procurar ...

Tamanho máximo é 10MB. Formatos permitidos: pdf, doc, docx

Por favor, aguarde ...

A irregularidade longitudinal, conforme citado na literatura por diversos autores, é o parâmetro mais utilizado internacionalmente, para a avaliação funcional de pavimentos. Essa irregularidade do pavimento e decorrente de problemas de construção, falta de manutenção, e (ou) de defeitos oriundos da ação do tráfego e do clima, principalmente das deformações permanentes do revestimento e do subleito.
De acordo com a norma brasileira DNER 164/94, a Irregularidade Longitudinal é definida como: o desvio da superfície da rodovia, em relação a um plano de referencia, que afeta a dinâmica dos veículos, a qualidade de rolamento e as cargas dinâmicas sobre a via.
A Norma ASTM E 867-82, define esse defeito como: “ is the deviations of a surface from a true planar surface with characteristics dimensions that affect vehicle dynamics, ride quality, dynamic loads and drainage.”
O IRI fornece um padrão de medidas relacionado com aqueles fornecidos pelos sistemas medidores de irregularidade do tipo resposta, ou seja, e definido como o índice entre o somatório dos deslocamentos ocorridos na suspensão de um veiculo dividido pela distância percorrida pelo veículo durante o teste, sendo expresso nas unidades m/km ou mm/m.
As medidas de irregularidade longitudinal do pavimento são mensuradas através do auxílio de um perfilômetro a laser, composto por 5 sensores. Estes sensores são posicionados no veículo através de barras de suporte de tal maneira que toda a largura da faixa de rolamento seja contemplada pelas leituras.